Cohiba Behike

Por José De Mauro Filho

Este texto é sobre charutos, portanto se você não tem 18 anos, por favor, deixe de ler. É proibido por lei.
Sei que o fumo causa problemas de saúde. Fumar charuto é uma decisão pessoal minha e leva em conta os riscos advindos dessa decisão. Milhares de pessoas morrem no trânsito, mas não se proíbem os carros. Lembrando que em caso de dúvida os manuais estão na barra lateral.

Em sua origem a palavra Behike indicava o Chefe Espiritual que conduzia a cerimônia onde se fumavam os antepassados de nossos charutos em honra aos Deuses. Essas cerimônias foram relatadas pelos descobridores espanhóis que aportaram em Cuba no ano de 1492 na expedição de Cristovão Colombo. Esses indígenas, os Tainos, ensinaram os primeiros europeus a fumar. O Behike, detentor da mais alta honra entre eles era considerado um ser superior, com acesso facilitado junto aos Deuses e conhecedor profundo das artes do fumar, coisa como o Gerente da sua Tabacaria predileta hoje em dia.
Os charutos Behike foram lançados para comemorar os 40 anos da Cohiba, em um tamanho que juntava o comprimento do Cohiba Lanceros, 7 ½” ou 192mm e o diâmetro do Cohiba Siglo VI, 52 ou 20,64mm.
Essa primeira edição limitada foi composta de 100 caixas humidoras com 40 charutos cada e vendidas a cerca de 15000 euros cada. Todos os charutos foram enrolados pela Torcedora Norma Fernandez da Fabrica El Laguito.
Retornam agora em uma produção mais ampla, mesmo assim bastante difícil de conseguir e de alto preço, em três Vitolas com as seguintes medidas:
BK 52 119mm X 20,64mm cepo 52
BK 54 144mm X 21,43mm cepo 54
BK 56 166mm X 22,22mm cepo 56
O blend utilizado na bucha é especial pela inclusão de uma quarta folha, esta folha do tipo “Médio Tiempo” bastante rara e que sai da parte superior da planta de tabaco plantado ao sol.
Na elaboração desse blend participaram três das figuras mais representativas da cultura de fumo cubana, Pancho Cuba, Alejandro Robaina e Maria Paz. A confecção dos novos formatos ficou a cargo de apenas 30 dos melhores torcedores em El Laguito.
Os charutos vêm com uma anilha diferenciada, gravada em relevo na cor dourada e com imagens holográficas, para evitar falsificações. Os puros vêm em caixas de 10 unidades com um grafismo diferenciado na tampa e outros requintes em sua apresentação.
No Brasil chegam agora algumas caixas das 3 novas vitolas com preços variando entre R$2500,00 o BK52 e R$3000,00 o BK56.

Se quiser ler textos do Mauro sobre outros assuntos, visite: Charutos, viagens e todo o resto.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: