Pseudo-cupcake de maracujá e Ceylon Pekoe UVA Highlands Highgrown

Lembra do chá da tarde? Então, ele voltou, e depois de quase seis meses de pausa publico a segunda receita.

Quando a Hanny descreveu esse chá falou em notas de chocolate, então a primeira coisa em que eu pensei foi fazer uma coisa com frutas vermelhas. Mas logo o Gu já comentou sobre a bobice de usar frutas caríssimas de outra origem com tantas brasileiras dando sopa. Pensamos em uma fruta exótica como cajá ou algo assim, mas essas também não são tão simples de encontrar na paulicéia desvairada. Então fomos de maracujá, que é uma delicia brasileira, fácil de achar e combina super bem com chocolate.
O pseudo veio do fato de não termos tido tempo de ir atrás das famigeradas forminhas de papel. Improvisamos direto na forma mesmo, e terminamos com uns bolinhos bem fofinhos, e sem o incoveniente de ter que ficar descascando a cada mordida.

Cupcake de Maracujá

Massa:

2 xícaras de farinha de trigo
2 xícaras de açúcar
5 ovos – separados
1 xícara de polpa de maracujá – uns 2 ou 3, dependendo do tamanho
100 gramas de manteiga
1 colher {sopa} de fermento

Bata o maracujá no liquidificador e as claras em neve. Reserve.
Bata então as gemas com o açúcar e a manteiga e junte o maracujá batido, depois a farinha, mexendo bem para incorporar todos os ingredientes. Misture o fermento e por fim as claras. Despejar em uma forma untada e enfarinhada e assar em forno pré-aquecido a 180 graus até que o bolo cresça e fique dourado.

Cobertura

1 xícara de polpa de maracujá sem as sementes, batido no liquidificador
1 xícara de açúcar

Junte o açúcar e o suco de maracujá em uma panela e ferva até que fique na textura de uma calda. Torre as sementes em uma frigideira e some a calda. Com a ajuda de uma seringa, injete calda dentro dos bolinhos para que eles fiquem bem molhadinhos e cubra com o restante.
Resfrie até o momento de servir.

Pulo do gato da receita: Deixe algumas sementes na polpa que vai na massa do cupcake. Ao bater no liquidificador elas viram micro pedacinhos, o que resulta num bolo macio e cheio de pedaços crocantes. Festa para os sentidos!

Outras harmonizações do chá da tarde:
Bolo de limão com Darjeeling SFTGFOP 1 Risheehat Second Flush

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: